Languages

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Menino estudante



Sérgio Maggio

Sabe aquela sensação de menino que gosta de estudar às vésperas de começar o ano letivo? A ansiedade toma conta do domingo, que antecede a abertura dos portões da escola. Desde cedo, mochila nova arrumada, com cadernos identificados em letras caprichadas, estojo com canetas e lápis tinindos. Tudo arrumadinho, em seu devido lugar, aguardando vorazmente para ser consumido. Eu era assim quando garoto. Adorava a volta às aulas, a descoberta dos novos professores, o reeencontro com velhos companheiros, outras amizades que poderiam surgir com os repetentes. E a possibilidade incontida de aprender, aprender e aprender. Era a vida que se iniciava em outros ciclos que se abriam. 

Estou lembrando desse sentimento tão intensamente hoje, porque fui banhado desse mesmo estado juvenil. Arrumei a minha mochila como se tivesse saindo para entrar na sala de aula. A vida me preencheu do intenso desejo de renovação que tinha quando corria pelos pátios no maravilhoso tempo de recreio. Olhei-me no espelho e não vi um homem de 45 anos, 0mas um estudante cheio de orgulho em estudar. Atravessei os caminhos com o coração aos pulos como se fosse encontrar uma nova professora.

É tão intenso estar no aqui e agora da vida atento as aberturas e fechamentos dos ciclos, aos recados do corpo cansado de guerra, maculado por tristezas e das alegrias que despontam como fragmentos pontiagudos à pele. Estou assim como o menino, que hoje enxergo tão sábio, que se enchia de energia para guerrear no ano letivo, prova a prova, teste a teste. Inspirei fundo para encher meus pulmões desse oxigênio que me lança para outros campos de batalha. Viver é seguir aprendendo com os minutos. O tempo é como um novo professor que entra em nossa sala íntima de aula para mostrar que não há por que banalizar a nossa existência, nem quando inserido dentro de um cotidiano que corrói esperanças. Estou pronto para as provas que virão.

          

Um comentário:

Anônimo disse...

Linda esta energia juvenil