Languages

domingo, 9 de janeiro de 2011

Revelações do Tarot

Fui um nego fujão arrancado na África-mãe, que recebeu algumas centenas de chibatadas no lombo porque tinha sede de liberdade. Fui um nego insolente que cuspiu na cara do branco de botinas na hora do último açoite. Fui um nego que morreu porque não aceitou o cabresto da ignorância. Fui um nego que, no último suspiro, dançou diante dos deuses para pedir tolerância.

Nenhum comentário: