Languages

domingo, 23 de janeiro de 2011

Depois de Vitória, Recife!

Público lota Carlos Gomes para assistir à peça Cabaré das Donzelas Inocentes

Foto de Divulgação

A peça Cabaré da Donzelas Inocentes

A peça é baseada em histórias verídicas de garotas de programa publicadas no livro "Conversas de Cafetinas"











Mais do que a força das histórias contadas durante toda a encenação, a grande surpresa da peça "Cabaré das Donzelas Inocentes" se dá ao final.

Já imerso na profundeza do cotidiano e no passado de quatro prostitutas, personagens que conduzem o roteiro, o público é confrontado com a realidade: tudo o que ali foi dito realmente aconteceu na vida real.

A peça dirigida por Murilo Grossi e William Ferreira e com Adriana Lodi, Bidô Galvão, Catarina Accioly e Carmen Moretzon no elenco é baseada em histórias verídicas contadas por garotas de programa a Sérgio Maggio.

As memórias foram publicadas no livro "Conversas de Cafetinas" (Arquipélago Editorial). A apresentação da peça no Teatro Carlos Gomes foi no sábado (16) e lotou o teatro localizado na Praça Costa Pereira.

"Cabaré das Donzelas Inocentes" conta a história de Cabeluda, China, Minininha e Saiana, que estão num bordel onde não entra mais nenhum cliente.

Enquanto tocam a vida, para muitos tidas como ordinária, elas expõem as memórias, que se desmancham diante do espectador com um novelo de lã.

"Senti que a peça tem um texto denso, que busca tocar mesmo nas feridas da sociedade brasileira, já que essa realidade é muito comum em todas as cidades do País", comenta o comerciante Paulo Henrique Machado

Nenhum comentário: