Languages

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Drummond e Noel na Ceilândia

Jones Schneider faz leituras das crônicas de Drummond

Laços de Ternura


Terça Crônica em Ceilândia mistura as narrativas de Carlos Drummond de Andrade com as canções de Noel Rosa



O maior poeta brasileiro do século 20 dizia ser um homem qualquer. No entanto, no olhar sensível para as coisas comuns, Carlos Drummond de Andrade (1902 – 1987) via e reconstruía a realidade pelas matizes poéticas. Jornalista nato, desenvolveu no histórico jornal Correio da Manhã a prática diária da crônica, na qual alfinetava, com maestria, os podres poderes. Hoje, às 20h, o projeto Terça Crônica rende-se a graça da escrita do mineiro de Itabira, na segunda edição da itinerância por Ceilândia. Ao lado das crônicas de Drummond, as canções de Noel Rosa (1910 – 1937) embalam a noite no Auditório do C.E.M. 04 (QNN 14 Área Especial), em clima de talk-show ao vivo comandado pelo ator e diretor Jones Schneider.



Enquanto Jones Schneider dramatiza as crônicas de Drummond, Alex Souza interpreta os sambas de Noel Rosa e conta fatos da vida do Poeta da Vila. Convidado do projeto na etapa Ceilândia, o jornalista e escritor Sérgio Maggio fala sobre o estilo e a linguagem de Drummond. “O objetivo maior do projeto é elevar o conhecimento desse público jovem por meio de um delicioso programa que mistura teatro, música e informação”, enfatiza Jones Schneider.



A itinerância do Terça Crônica por Ceilândia tem o patrocínio do FAC (Fundo de Apoio à Cultura) e se realiza com participação maciça de público jovem, que tem lotado o Auditório do C.E.M. 04. “São alunos, sobretudo do segundo grau, que aproveitam esse momento de entretenimento para aprender sobre a natureza da crônica e as biografias do escritor e compositor homenageados da noite”, conta Sérgio Maggio.




DE GRAÇA


Terça Crônica Auditório C.E.M.04 (QNN 14 Área Especial, Ceilândia). Hoje, às 20h. Projeto inicia itinerância na Ceilândia pelo FAC. Crônicas de Carlos Drummond de Andrade e canções de Noel Rosa. Direção e atuação de Jones Schneider. Com o músico Alex Souza. Participação especial: Sérgio Maggio. Entrada Franca. Classificação indicativa livre.

Nenhum comentário: