Languages

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Dom de menina


QUINTA CRÔNICA

Com entrada franca, Quinta Crônica mistura as histórias de Gracia Cantanhede com as canções de Caetano Veloso

O gosto da escrita nasceu no tempo de menina, lá no interior de Minas Gerais. A escritora Gracia Cantanhede lembra do dia em que descreveu uma viagem de navio completamente criada na sua imaginação. Tinha 9 anos quando a redação foi lida e elogiada em sala de aula pela professora. Naquele momento, ela decidiu que não se separaria mais das palavras. Jura cumprida. Hoje, em casa, essa mineira-brasiliense tem uma pilha de cadernos com frases feitas em caneta de tinta. Alguns se transformaram nos livros Palavra de mulher e Jogo de persona. “Mesmo na era do computador, continuo criando a próprio punho porque assim acredito que escrevo com o coração”, confessa.
Na quinta-feira, dia 17 de setembro, às 19h30, no Auditório do Cefor (Centro de Formação da Câmara dos Deputados, Setor de Garagens Ministeriais Norte, Via N3, atrás dos anexos dos ministérios), Gracia Cantanhede ficará diante de suas histórias. Ela é autora homenageada do projeto Quinta Crônica. As narrativas serão dramatizadas pelo ator e diretor Jones Schneider e mescladas às canções de Caetano Veloso, interpretadas por Alex Souza (músico do projeto Caraivana). A autora estará presente e o clima será de um talk show ao vivo. “Gracia enviou os livros pra mim e encontrei ali uma escritora tocada pelo ser humano. São histórias de uma mulher, que é observadora atenta do outro”, observa Jones Schneider, que também desenvolve, neste mês, o Terça Crônica na Ceilândia, com patrocínio do Fundo de Apoio à Cultura (FAC).
À qualidade nata de observação, Gracia Cantanhede atribui à vida no interior, onde se atenta a detalhes do cotidiano, perdidos nas grandes cidades. “O de ver um passarinho fazer o ninho. Cresci com a sensibilidade para olhar as coisas, de atentar para todo o tipo de gente, os personagens folclóricos do interior, a prostituta que passava na minha janela”, lembra Gracia Cantanhede, que, nos projetos literários, pretende escrever biografias.

QUINTA CRÔNICA

Auditório do Cefor (Centro de Formação da Câmara dos Deputados, Setor de Garagens Ministeriais Norte, Via N3,atrás dos anexos dos ministérios). Dia 17 de setembro (quinta), às 19h30, crônicas de Gracia Cantanhede e canções de Caetano Veloso. Direção e atuação de Jones Schneider. Com o músico Alex Souza. Participação especial: Gracia Cantanhede. Entrada Franca. Classificação indicativa livre. Informações: www.tercacronica.com.br.

Um comentário:

DANIELA GONÇALVES disse...

VEM AÍ O ESPETÁCULO...
"PRESO ENTRE FERRAGENS"
DATA: 02 a 25 de outubro
Sextas e sábados às 21h
Domingos às 20h
Local: Espaço Cena
End: SHCN 205 Norte bl.C loja 25
Texto: Fernando Bonassi
Direção: João Antonio
Estrelando: Humberto Pedrancini
Produção: Daniela Gonçalves e Rangéria Amorim
Informações:61- 3032-1330
Valor do ingresso:R$ 10,00 meia