Languages

domingo, 20 de setembro de 2009

Axé, Honestino Guimarães



Dia 5 de setembro, às 22h45, o coletivo Trincheira Cia. de Teatro, nascido havia um mês e três dias, ocupou o chão da praça do Museu Nacional para denunciar o esquecimento do nome próprio daquele equipamento cultural: Honestino Guimarães. Fizemos uma ação política e cênica inspirada em crônica de Ana Miranda e anunciamos o começo da nossa escrita cênica, cuja pesquisa começa amanhã, dia 21 de setembro. Estavam lá os sobrinhos de Honestino, Gabriel e Matheus, que ficaram bastante emocionados. Colocamos uma faixa com o nome devido do museu. O discurso emocionado foi em nome da memória do militante estudantil, morto pela ditadura militar aos 26 anos.
Mais informações no blog da Trincheira (teatrogrupoderisco.blogspot.com).

Nenhum comentário: