Languages

segunda-feira, 30 de março de 2009

Drops de mestres I

“Hoje em dia, o ator que personifica o personagem parece avisar ao público: “Olhem pra mim! Vou ser fulano, vou fazer tais e tais coisas.
E a seguir ele se põe a imitar o mais exatamente possível aquilo que ele anunciara que indicaria. Suponhamos que ele seja Romeu. Ele explica á plateia que está enamoradom e mostra… beijando a Julieta”
Craig

Um comentário:

Lilian Jours disse...

Teatro sem Arquitetura

Ator sem Papel

Peça sem texto

Viva ao Teatro sem Regras