Languages

sábado, 24 de janeiro de 2009

O teatro que acredito

Foto/Arquivo Kazuo Ono
Eu acredito num teatro que eleve o espectador à outra forma de pensar.


Eu acredito num teatro que abasteça o público de conhecimentos.


Eu acredito num teatro que encante mas não entorpeça


Eu acredito num teatro que não tenha filtros nem autocensura


Eu acredito num teatro autônomo que emancipe artista e plateia


Eu acredito num teatro popular mas que não faça do público uma massa só


Eu acredito no teatro de entrega em que ator, diretor, dramaturgo e encenadores se devotem na mesma fé.


Eu acredito em Kazuo Ono, Zé Celso Martinez Corrêa, Peter Brook, Amir Haddad, Ariane Mnouchkine, Márcio Meirelles


Eu acredito no teatro, às vezes, mais do que nas pessoas...




2 comentários:

Messias disse...

QUe lindo, eu também acredito neste Deus chamado teatro

sticker disse...

mayor486
mill3546
owl8642
own78524
poesy4862