Languages

domingo, 4 de janeiro de 2009

Museu cheio e...

Ontem, fui ao Museu da República, em Brasília, estava cheio de gente colorida e diversa.
Era o povo no Museu, uma festa, uma conquista...
Em grupos, caminhavam por entre obras populares e eruditas
Pena que não tinha ninguém para aproveitar a oportunidade e ensinar como se apreciar uma obra de arte numa exposição.
Sem informação, as pessoas agiam como se tivessem numa feira.
Mexiam nas obras...
Um rapaz dava uns cascudos na carcaça de obra de cerâmica de Antonio Poteiro
Uma mulher pedia para os filhos que afundassem as mãos em tapeceria para fazer a foto de lembrança
Uma pena...

Um comentário:

Edelzuíta disse...

Falta educação. É preciso educar, sem não jogam pérolas aos porcos