Languages

sábado, 27 de outubro de 2007

Engoli Seco

Está na cidade o Centro Teatral Etc & Tal, que tem um trabalho de pesquisa em linguagem apoiada no teatro-mímica-humor. Os integrantes dão oficinas e, no dia 2/11, apresentarão o espetáculo No buraco, no Teatro Garagem. Vi três esquetes no Anjos do Picadeiro, em dezembro passado, é hilariante e tecnicamente bem feito. Hoje, os atores queriam ver espetáculos infantis (eles têm um trabalho consolidado para esse público). Infelizmente, o que há em cartaz não dá pra ser indicado.
- Como é o teatro infantil em Brasília?, perguntou um deles.
Engoli seco. Não há muito o que falar quando se tem, o ano inteiro, espetáculos que copiam ora as produções da Disney, ora recorrem às fábulas de sempre, do jeito de sempre. Falei de Fragmentos de sonhos do Menino da Lua, de Míriam Virna, um oásis em mais um ano desértico para o teatro infantil brasiliense.

5 comentários:

Anônimo disse...

"Infelizmente o que esta em cartaz não da pra ser indicado... ora as produções da Disney, ora recorrem às fábulas de sempre"

Acredito que não soube do infantil "A menina dos olhos da cobra", um espetaculo lindo, criativo, e estava em cartaz até a semana passada! Um belo espetáculo. Bem diferente das montagens enfadonhas do cenário brasiliense quando se trata de "infantis", esse sim, deveria ter sido indicado para eles (Centro teatral etc e tal), mas caso vc se informou e conferiu a montagem pra postar essa critica, peço desculpas, eu e minhas filhas respeitamos a sua opinião. O epetaculo da Miriam é incrivel, adoramos também, mas quando li seu comentario a respeito do cenário teatral infantil em cartaz, notei que estava generalizando, ou talvez se preciptou um pouco em rotular todas as montagens (até pq acredito que vc não assistiu a todas, certo?). Concordo que o cenário infantil vem recheado de clichês, mas essas duas montagens (Miriam e o da menina) valem a pena serem conferidas. Em relação as outras que atualmente estão em cartaz, eu prefiro assisti-las primeiro, pra depois expor o que acho, meu senso crítico...
abraços

Giselle disse...

Oi Sérgio,
tem também as peças infantis de Eliana Carneiro que valem a pena serem indicadas

Sérgio Maggio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sérgio Maggio disse...

Opa, obrigado pela dica de A menina dos olhos de cobra. Vou ficar de olho. Na verdade, fiz referência ao que estava em cartaz no sábado, dia da postagem, realmente não tinha nada, ao menos no jornal, que fugisse desse clichê. Por isso, também Giselle, que não falei da Eliana, que faz uma pesquisa séria e instigante sobre o teatro infantil.

núbia leite disse...

O que não entendo é como uma cidade como Brasília, com duas universidades e profissionais de qualidade, deixa o teatro infantil ao léu. Neia & Nando e Mapati ninguém aguenta mais. E esse teatrinho de shopping, repugnante!